quinta-feira, 2 de junho de 2011

Falha no tonner da impressora


Depois de umas sessões sempre a ganhar e a dar a tal sensação espectacular do imprimir dinheiro, veio o dia de hoje e uma sessão completamente negativa com a perda de quase 5 buy-ins.

Mesmo assim, desde que jogo cash a sério, vai para pouco mais de um mês, estou com uma performance de 7.28 bb/100 em cerca de 10k mãos. Acho que a tendência é para melhorar, por isso estou confiante que vou vingar também em cash.

Será que a sessão de hoje, foi um ajuste na variância dos últimos dias, ou terá mais algum motivo por trás? Bem, hoje seria um dia mau a nível psicológico para jogar, dado andar com problemas pessoais. De qualquer forma resolvi ir mais longe e rever bem a sessão para descobrir se tecnicamente estive bem ou nem por isso.

Para simplificar resolvi analisar mãos com mais de 20bbs no pote, quer tenha ganho ou perdido.

Primeira mão vista, nada a dizer. Recebo QQ no botão, vejo um peixe a fazer all-in atrás de mim, pago e recebo um all-in inesperado de outro jogador por cima. Como o pote oferecia mais de 5 para 1 nesta altura, tive que pagar o que faltava e pois... chapo com AA do jogador que veio por cima e a board não ajudou... Bye bye a 137,5 bbs só nesta... O peixe tinha JTo...

Segunda jogada vista, tenho KK em MP. Faço o open raise habitual e recebo call da SB. Flop 87Q e depois J com 3 cartas com draw para cor que eu não tinha. AI e ele mostra A3 com o 3 para possível cor. Nice. River flush para ele com o 3... Perdi este 75%-25% e com ele mais 98,50 bbs. Alguém que vá somando...

Terceira mão vista, faço dois pares em board dry, controlo o pote apesar de tudo e perco para set. Porreiro. Adeus mais 49 bbs...

Quarta mão vista, ofereci 30 bbs numa luta de botão contra SB. Fui parvo nesta e não cumpri a minha regra de não bluffar. Este mereci perder e sim, esta pode-se dizer que já estava a inventar.

Quinta mão, perdi 24 bbs numa board em que eu tinha draw para flush e duas over cards e acabei bluffado no river quando não bateu. Acontece.

Sexta mão vista. Deixo descontrolar um pote com um overpair de JJ em multi-way pot a 3 com raise pré-flop. Não respeitei um re-raise do terceiro jogador ao meu re-raise inicial em board dry. Paguei e ficamos all-in rapidamente, para ver set na mão dele e ir para um 8%-92%... Adeus a mais 115 bbs... Aqui devia ter cheirado o set, principalmente, analisando o jogo pré-flop e a agressividade pós-flop. Era impossível o meu overpair estar à frente ali... Bah... Tilt? Não sei, mas precipitação grande, sim. Esta conta para a cena do psicológico, pois acho que se estivesse normal, não largava tanto ali.

Sétima mão. Tenho QQ, faço uma 3bet a um jogador 21/5. Um terceiro jogador paga e o raiser inicial faz 4bet All-in. Paguei e levei com AA. Não gostei muito, pois ainda tinha mais um a falar e parecia na melhor das hipóteses estar num flip coin. Acho que ando com o gatilho demasiado leve com QQ na mão... 101bbs que disparei para outro lado. Esta conta metade para técnica e outra para a psi.

Oitava mão, joguei muito light um TJo em posição contra um peixe que tinha debaixo de olho. Ataquei um pouco a board. Faço dois pares no turn e vão todas. Azar que ele desta vez tinha top straight... 92,5 bbs. Psicológico. Mesmo contra peixes não costumo inventar desta forma.

Nona mão. AK contra um peixe. Faço top pair no turn e descontrolo o pote numa board muito wet para straight draws. O peixe passivo virou agressivo e nem reparei... bah... 74,5 bbs para a água.

Décima mão, mais umas 23 bbs inventadas em bluff contra um peixe... Yah... sem dúvida psicológico lixado. Esqueci muitas vezes a regra do não blufar o próximo...

Nas mãos que ganhei mais de 20 bbs, nada de anormal. Não dei nenhuma bad beat.

Resumindo e concluindo, numa sessão com 1.1k mãos, no que se resume ao grosso das mãos mais pesadas, posso dizer que levei com uma bad beat de quase 100 bbs e ofereci muitas mais por conta de andar a pensar na morte da bezerra em vez de nas mesas. Sem dúvida, sem dar por ela, as condições psicológicas entraram em jogo e fizeram com que inventasse demais. Saí muitas vezes da minha disciplina vencedora. O tonner de hoje falhou devido às minhas condicionantes psicológicas. Se calhar não preciso parar de jogar quando estiver assim, mas pelo menos tenho de estar bem mais alerta aos desvios do jogo normal e isso nem sempre é fácil. Direi que no mínimo, é mais arriscado. Amanhã há mais e espero voltar a ligar a impressora, mas desta vez, sem falhas no tonner!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...