segunda-feira, 11 de abril de 2011

O psicológico come a matemática ao pequeno-almoço!


Hoje nem era para escrever, mas pronto... escreve-se... A sessão até foi positiva. Ganhei cerca de $20, mas mesmo assim estou frustrado... Parece que ainda tenho muito que aprender sobre a parte psicológica de aguentar a sorte das cartas no Poker. Ganhei $20 e fiquei com a sensação que mesmo assim foi injusto não ter ganho mais...

Já estive a rever a sessão e digamos que levei bad beats, perdi corridas à frente e levei coolers nas alturas em que perdi... Felizmente, já apanhei um spot ou outro que podia ter jogado outra linha e isso pode ajudar a desculpar um pouco certos riscos a que me expus, mesmo estando na frente.

O poker é um jogo de evolução e adaptação e sinto-me meio estagnado. Acho que estou a dominar o nível dos STT $2.25, mas com estas sessões, até nem sei. Sinto-me mesmo à vontade, mas depois levo a bad beat e saio do torneio e fico a pensar em que poderia ter melhorado. Não é racional, mas como não descubro, vem a tal frustração...

Irei continuar a ler sobre o assunto, pois se um dia quero que isto seja ainda mais sério, tenho que ensinar o cérebro a ignorar isto. Para já está difícil...

Outra explicação que vejo, é o facto de maior parte da minha vida estar em pantanas. Isso coloca uma maior "obrigatoriedade" e pressão para que o Poker me compense. Quando isso não acontece, fica complicado gerir. Uma coisa é certa: para que o Poker seja uma parte da minha vida, esta negatividade psicológica tem que ir à vida. Vou continuar a fazer por isso e um dia até me vou rir destes momentos!

4 comentários:

  1. Tens toda a razão! A parte psicológica é fundamental!
    Eu quando estou xateado, aborrecido ou preocupado "tento" não jogar!!! não vale a pena!
    Parabéns pelo blog!
    Abraço!

    ResponderEliminar
  2. Obrigado pela visita! É uma honra! :D

    Eu começo mesmo a achar que é um tema a estudar, este da psicologia do nosso cérebro aplicado ao Poker. Não estou a falar de mindsets nem nada disso, mas sim de emoções versus racionalidade.

    Na minha opinião, há certas emoções que resistirão sempre a qualquer racionalidade.

    Um livro que li bastante bom para perceber esta luta, é o Inteligência Emocial, do Daniel Goldman. Ajuda a aceitar melhor o que acontece.

    Abraço!

    ResponderEliminar
  3. Experimenta o livro "how we decide" muito bom! Está em Inglês...
    se quiseres eu mando-te!
    Abraço!

    ResponderEliminar
  4. Obrigado pela dica. Acabei de o arranjar. :)

    Pelo que vi no resumo tem uma abordagem parecida com o Inteligência Emocional.

    Abraço!

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...